47/52

DSC_2470-1

Tantas vezes, olho para ti e digo “estás grande. onde está o meu bebé, jã não o vejo!”
e tu dizes “sou eu, mãe.”
e eu pergunto “mas porquê não o vejo?”
e tu respondes “é porque eu cresci”.

***

Foi a última vez que te mandei cortar a franja. Já não queres a franja, queres deixar crescer o cabelo. Vamos passar por uma série de momentos de cabelos no meio dos olhos durante os proximos meses de foto, mas algum dia haverá de ficar como tu queres: grande, como tu 🙂

Comments 14

  1. lu 21/11/2014

    pois é, já tinha reparado na franja no outro post! fica querida mas com a franja nos olhos ficava algo mais selvagem, assim está mais certinha.

    e elas crescem.. penso nisso todos os dias quando olho para a alice e ela vem com conversas mais elaboradas e montes de perguntas. há uns meses atrás não era assim.. é difícil..
    imagino quando crescerem e saírem de casa :(( .. bem, melhor me focar no dia de hoje..

    • Daniela 21/11/2014

      a mafi já discute isso comigo há muito tempo.
      quando sair de casa, quando for viver para a sua casa… que me vem visitar e essas coisas todas…
      enfim, acho que é saudavel ela querer ser independente mas custa tanto e nesses momentos dou-lhe um abraço ainda mais forte! 🙂

    • Daniela 21/11/2014

      ate eu tenho saudades da franja… no cabelereio, era para cortar depois de mim mas depois cortou ao mesmo tempo e eu nao consegui dizer como queria mesmo… agora que olho para as fotos que tu tiraste, tenho muitas saudades, mas na verdade nesses dias ela ja nao via nada…

  2. Diana 21/11/2014

    As respostas dela são o máximo! Por mais que cresçam ainda vão precisar muito do nosso “colo”, ainda ontem o meu mais velho precisou. Mas é bom quererem ser independentes, é sinal que confiam no nosso amor e têm a auto-estima alta.

    • Daniela 21/11/2014

      Diana, tambem acho que isso é importante, a questão da auto-estima. É ententer o mundo, o futuro,o nosso lugar nisto tudo, as familias, o crescer, envelhecer etc. É muito importante e eu muitas vezes penso que enquanto perco o meu “bebé” ganho uma “companheira”, o que é tao bom!

  3. Inês Ataíde 21/11/2014

    Gosto tanto desta foto, acho mesmo que é uma das minha preferidas da Mafi (a par da daquela em que está em cima do escadote a tentar abrir o chupa).
    Que felicidade Daniela, ter assim uma companheira, inteligente e ainda por cima linda 😉 é aproveitar!

  4. miriamreis 22/11/2014

    deixmo-los crescer :)) mas que saibam que têm sempre o nosso colo, sempre que precisarem!
    eu acho que ela vai ficar o máximo de cabelo comprido… como, aliás, fica de qualquer maneira 😀

  5. catarinasimoes 24/11/2014

    Linda! a foto e a Mafi :))
    Adoro o cabelo dela! Gosto muito das tonalidades, do aspecto rebelde, do corte ou falta dele :)… fica-lhe sempre bem. E tenho gostado de o ver maior. Ela tem uma cara gira e super expressiva 🙂
    Quanto ao bebé, se eu já sinto isso imagino tu, que já tens uma menina há algum tempo… Crescem rápido, por fora e por dentro (pelo menos as nossas)…
    A Laura quando lhe digo que é o meu bebé resmunga logo! diz que não é bebé, que é crescida, uma menina. Não é fã de lamechices, nem muitos apertos. Acho que sai a mim, porque sempre fui assim, detestava beijos e que me apertassem… lembro-me de ouvir a minha mãe lamentar-se por causa disso. Agora chegou a minha vez e já percebo!
    boa semana para vocês 😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s