42/52

DSC_1813-1

(quem sai os seus gosta de tostas mistas)

***

No outro dia estavamos a ver um concerto no canal Mezzo, passado numa igreja, e à certa altura a camara apontou para Jesus na cruz. Ficaste muito supreendida sobre quem era e eu disse que era Jesus. Perguntaste porque é que ele tinha barba (na tua cabeça é o bebé Jesus do presépio), achavas que me tinha enganado e que devia ser o pai.  Depois de esclarecida perguntaste-me o que estava a fazer na cruz. Disse-te que o tinham crucificado.Tu ficaste escandalizada. Passaste o tempo todo a falar sobre isso.

“se nao gostam dele, nao matam.
se nao gostam dele, vao para outro pais, assim nao veem ele.
mas é muito triste nao gostar de uma pessoa.
eu gosto de todos.
eu gosto de todos da minha familia.
menos a avó amiga :)”
(e depois ouvi-te  a falar na cozinha “não mata!”.)

 

escrevi isso tudo porque tinha o computador aberto no momento em que tudo isto se passou e registei confoma ias dizendo. um beijinho meu amor. és muito gira.

Comments 8

  1. Claudia 17/10/2014

    wow! a Lily nao sabe quem e Jesus. ou Deus. nos aqui somos praticamente sem religiao mas somos spiritual. eu como fui criada ai fui criada catolica. nunca acreditei em nada e sempre me senti como a Mafi. adoro as palavras dela e das cores desta foto. beijinhos!

  2. catarinasimoes 18/10/2014

    Adoro estes diálogos delas :)… as perguntas pertinentes e oportunas, as convicções, as conclusões… e a ingenuidade.
    Eu penso como a Mafi e ultimamente tb tenho uma frase muito parecida… “se não gostam dele não matam. se não gostam vão para outro país, assim não vêm ele.” Mais nada!
    Se as crianças mandassem nisto tudo, o mundo era muito menos complexo e bem mais justo!
    (apesar da tosta mista esta foto cheira-me a outono e sabe-me a castanhas :)! acho que é dos tons, está muito bonita)
    Bjs para vocês e bom fim de semana

    • Daniela 19/10/2014

      eu gostei mais da parte onde ela disse “menos da avó amiga” que é uma senhora que costumavamos encontrar nos passeios do parque, um pouco chata mas inofensiva, e que ela a certa altura passou sempre a evitar (fugir, berrar), ao ponto de ainda hoje falar nisso…

      • catarinasimoes 21/10/2014

        hehehehe, elas saem-se com cada uma :)! eu lembro-me de pensar como a mafi em relação a algumas pessoas ;)…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s